O pedido

1 year ago Casamento, Lifestyle91

Algumas pessoas souberam da novidade pelo Instagram,  mas eu não poderia deixar de fazer um post LINDO sobre esse dia, e claro, inspirar muita gente por aí. <3 Sim! Eu estou noiva e o pedido não poderia ter sido mais “a nossa cara”!

Foi surpresa! O Leandro e eu, estávamos combinando há meses das nossas famílias se conhecerem. E então, surgiu a ideia de marcarmos um jantar na Casa do Chico – nosso restaurante mais amado de Nova Veneza – e unir as duas famílias num domingo qualquer. Bom, engano meu… não seria mesmo um domingo comum!

Fotos oficiais do site Casa do Chico. Lindo demais, né? E a comida: incrível! Fotos oficiais do site Casa do Chico. Lindo demais, né? E a comida: incrível!

Chegamos exatamente 19h31 na praça Humberto Bortoluzzi e minha família – que mora numa cidade próxima – já estava lá. Entramos todos juntos no restaurante, o Le se identificou: “Leandro Benincá, reserva para 19h30.” Mas então, o responsável pela reserva pediu uns 10 minutinhos… até que preparassem a mesa. Nessa hora pensei “puxa, que estranho… fizemos reserva e a mesa não está pronta”. 

Então, ele teve a grande ideia de irmos até o coreto da praça e brincar de imaginar um casamento ali. (Sim, isso é muito a nossa cara!)

E aí, tudo aconteceu. Sem desconfiar de nada… subi no coreto e quando me virei pra rir com ele, lá estava: ele, de joelhos, me olhando nos olhos e com um anel nas mãos “Casa comigo?”.

E aí, eu fui eu, e disse “O que é isso?” rindo e chorando ao mesmo tempo, sem conseguir dizer SIM. Foi mágico! Parecia um filme!

Trocamos palavras sinceras, nada programadas, rindo e se olhando como quando se olha pro amor da nossa vida.

Coloquei o anel – o anel mais clássico e lindo de todos! eu mesma escolhi sem saber – e então ouvi a música. Música italiana, romântica, emocionante… tudo pra trazer ainda mais sentimentos maravilhosos pr’aquele momento. (Aliás, obrigada Tiago! Por deixar nosso momento ainda mais especial!)

Então, depois das lágrimas… vi nossas famílias emocionadas, sorrindo e trocando frases do tipo “você sabia? eu não!”. Foi incrível!

Obrigada, Kaká, pela cumplicidade e por tanto amor e carinho, sempre. Agora você tem uma boadastra à caminho!

E bem… havia câmeras escondidas! Então, enjoy! 🙂

E aí? Tem uma história de amor pra contar? A nossa está só começando… e mal vejo a hora de poder compartilhar muito mais coisas por aqui!

Beijo!

Aline Cardoso