Itália: restaurantes, cafés, pasticcerias e gelaterias que conheci (e amei!)

1 year ago Gastrô, Lifestyle, Viagem35

Quem acompanha o blog, sabe que no final de 2015 fiz um passeio pela Itália. Conheci Milão (saudades, muitas saudades!), Veneza, e um pedacinho do norte da Itália, a região do Lago de Como.

Bem, era a Itália! E apaixonada por comida como sou… tentei aproveitar a viagem ao máximo! (O que me rendeu 4kg na balança!)

Valeu a pena!

Finalmente experimentei o lindo – e incrivelmente delicioso – gelato da Amorino, comi crepe de chocolate branco, pizza (muita pizza!), panino, vinhos incríveis (que custam 2 EUROS nos supermercados!), pastas maravilhosas e molhos inesquecíveis!

Fora, claro… uns docinhos FANTÁSTICOS de pasticceria! E, um fato: os cappuccinos italianos te abraçam de tão gostosos!

Aqui, alguns lugares que visitei:

Amorino

Piazza del Duomo, 20122, Milano

Assim que pisei na Piazza del Duomo, abri o Google Maps. Eu PRECISAVA encontrar e fotografar meu primeiro Amorino. Se você não sabe do que estou falando, eu explico: sabe o sorvete em formato de rosa? É ELE!

Dica das atendentes: os gelatos de fruta costumam ser mais fáceis de moldar. 🙂 O de amarena é INCRÍVEL!

Farinella Ristorante & Pizza Napoletana

Foro Buonaparte, 71, 20121 Milano

Outro lugar que eu estava louca pra conhecer! Meu namorado já conhecia e havia me dito que a pizza era surreal. E é! Não apenas surreal como GIGANTE! Sério, amei isso na Itália: pizzas gigantes como porção individual. Como não amar?

Além disso, o Farinella é muito charmoso e o atendimento: excelente! Impossível não indicar!

Charmosinho demais, né? E ainda pertinho do Castello Sforzesco!

Bar Pasticceria Vecchia Milano

Via Francesco Reina, 14 – Milano

Descobrimos esse pedacinho do paraíso, quando num fim de tarde saímos andando sem rumo. Imagine se EU não ficaria encantada pela vitrine de chocolates e doces cuidadosamente produzidos? Amo o mundo da confeitaria e pasticceria! A gente come primeiro com os olhos!

Na primeira foto: os famosos cannolis na vitrine (provei e amei!). Na segunda: nosso lanchinho digno de Maria Antonieta!

Trattoria A Le Colonete

S. Marco, Calle dei Fabbri, 987, 30120 Venezia

Imagine ter que costurar Veneza toda, andando, atrás de um restaurante 100% italiano? Foi o que aconteceu…

Depois de muitos “olhinhos puxados” nas cozinhas, encontramos o A Le Colonete. Chef, garçom, proprietário, italianos. E assim, tivemos o prazer de experimentar penne ai 4 formaggi – o verdadeiro! E incrível – e ainda sermos surpreendidos com o melhor “vinho da casa”!

Com o garçom mais gentil da Itália! Reparem que fomos à noite mas a segunda foto é de dia: cabô bateria do celular ANTES de eu fotografar o charminho.

Cioccolateria Venchi

Calle dei Fabbri, 989, 30124 Venezia

Depois de um jantar INCRÍVEL no A Le Colonete, o que fizemos? SIM! Fomos atrás de (mais) sorvete! E andando de volta pro hotel, nos deparamos com a Venchi. <3

Chocolateria e sorveteria: como ser melhor? Os doces são super finos, deliciosos e lindos, e o sorvete… dispensa comentários. ITALIANO de verdade! (o de limão siciliano foi o melhor da vida!)

Handay

Rio Terà S. Leonardo, 1382, Venezia

O lugar moderninho de Veneza! Aqui você faz seu café, iogurte, sorvete, panqueca… tudo DO SEU JEITO. E ainda, usa iPad pra te ajudar nas escolhas!

Os atendentes são uns amores e estão sempre por perto pra te ajudar – ou rir de você caso exagere no chantilly (é gratuito e ilimitado!). Hehe

Il Santo Bevitore

Cannaregio, 30121, Venezia

Assim que chegamos em Veneza, um italiano, via Periscope, indicou o Il Santo Bevitore como o barzinho cool da cidade. Claro, fomos conferir!

Mil tipos de cerveja, um painel com notas de diferentes moedas (inclusive, uma nota de UM REAL), um sino que as atendentes tocam ao ganhar uma gorjeta gordinha… valeu tanto a experiência, que no último dia em Veneza, voltamos até lá para a despedida.

E bônus: eu ainda ganhei um de cada modelo de porta-copos de lá! <3 Já posso começar a colecionar, né?

Minha Chimay no balcão (depois de uma difícil escolha), a espuma perfeita da cerveja do namorado e nossos amigos de bar: italianos, indianos e portugueses! Que noite massa!

Bhangra Bar

Corso Sempione, 1, 20145, Milano

No post sobre a viagem, contando um pouquinho dos lugares que conheci, mencionei os “aperitivos”, que nada mais é do que o happy hour italiano. Mas, meu bem, italiano SABE brincar de happy hour.

Fomos (mais de uma vez) no aperitivo do Bhangra Bar. Você paga €10, “ganha” a primeira bebida e depois, paga somente o que consumir em drinks e cervejas, com um buffet ENORME – com doces e salgados – pra você comer o quanto puder! Eu preciso dizer que amei?

E, como fomos em novembro, na rua com as mesinhas, haviam “tochas” elétricas pra esquentar o pessoal! Imaginem sentar numa mesa e beber cerveja a 2ºC.

Comidinhas leves, né? Os queijos e pães daqui… também eram incríveis. (Sendo repetitiva!)

E ainda: 

O melhor panino de Milão!

Descobrimos essa “vendinha” no caminho entre nosso hotel e a Duomo. Perdi as contas de quantos desse eu comi durante nossa estadia.

O lugar vendia produtos orgânicos, molhos, queijos, prosciutto de todos os tipos… um achado! O pior mesmo é a saudade.

Minhas expressões estão impagáveis, né? hehe Tá liberado rir de mim… e desejar meu panino!

E fim!

Ficou com alguma dúvida? Curtiu o post? Comenta aí! 🙂 Vou adorar bater um papo sobre isso!

Aline Cardoso