O que fazer – e comer – em Buenos Aires

8 months ago Gastrô, Viagem87

Buenos Aires é uma cidade linda! Como em toda cidade grande, você encontra pessoas de todos os estilos, lojas enormes, shoppings luxuosos e gente de todo lugar do mundo.

Mas fora isso, Buenos Aires é eclética! Uma cidade cheia de misturas e inspiração. Um lugar que vale a pena ser explorado, e melhor ainda, vivido.

Quando escolhemos Buenos Aires pra nossa lua-de-mel, Le e eu, tínhamos a mesma coisa em mente: buscar por lugares frequentados por portenhos – e por menos turistas. Não escapamos de alguns clássicos, como Casa Rosada e El Caminito, mas fizemos dessa viagem, algo nosso e do acaso.

Foi por acaso que encontramos um museu, uma tenda que vendia cerveja artesanal (paixão dele) e o melhor restaurante de toda a viagem!

Alguns dos nossos achados preferidos (dois deles planejados: Burger Joint e Ninina):

Burger Joint

O nome e o logo são idênticos a uma rede de lojas de Nova York, mas esse de Buenos Aires não tem nada a ver com os irmãos gringos. É pura personalidade! Comer aqui, é além de matar a fome, uma chance de ter experiências mucho locas e diferentonas.

O ambiente é colorido e personalizável – já que você pode desenhar e/ou escrever nas paredes, arandelas e onde mais permitirem. Quadros divertidos, action figures, placas achadas no mercado das pulgas, coisas moderninhas: uma SALADA divertida e marcante, na decoração.

O cardápio não é gigante, mas todas as opções são ótimas! E você paga pelo hambúrguer + bebida, que pode ser refrigerante, a cerveja artesanal 7 Colores – rubia ou colorada – ou um copo de sangria. Combo da felicidade… a carne é suculenta e os ingredientes são ótimos. Realmente, um dos melhores que já comi! O atendimento é show! A galera é de bem com a vida e super prestativa explicando os ingredientes e como funciona “a casa”.

Como você sabe que seu lanche ficou pronto? Um cara simpático, chama seu nome do MEGAFONE que fica atrás do balcão. Era quarta-feira e estava realmente lotado, e aliás, muito bem frequentado!

Na próxima, eu levo uma caneta e deixo meu nome lá…

A placa moderninha das Kardashians, a fachada que é só um hambúrguer de neon colorido e o balcão principal.

Ninina Bakery

Apaixonada que sou por padarias e confeitarias… o Ninina estava no meu mapa desde o dia que optamos por Buenos Aires. O lugar é bem interessante! Acho que tem muita inspiração nos cafés moderninhos de Nova York. <3 E ainda,te deixa ter visão total da cozinha. Eu adoro! Mas, não é só um lugar bonito, não.

A especialidade do lugar fica por conta do brunch, dos inúmeros bolos calóricos a disposição e dos lanches salgados como sanduíches e toasts. As tortas são INCRÍVEIS, enchem os olhos e o paladar agradece! Minha preferida foi a “Amadeus”, feita com zero farinha, chocolate 70% e MOUSSE DE DOCE DE LEITE. Sério, é de comer rezando!

A proposta é de se ter uma experiência autêntica baseada na excelência do simples e do artesanal. Não vendem refrigerantes e fazem sucos naturais na hora! Tudo feito com ovos do campo, chocolates 70% cacau e ingredientes naturais. Ah, o café orgânico é moído na hora… e eles tem chás deliciosos também – que inclusive, trouxe pra casa!

Virei fã do lugar, e acabamos voltando no penúltimo dia na cidade. Valeu muito a pena!

Não é a cara das coisas que eu gosto? Lugar lindo + gastronomia das boas!

Fervor

Na sexta-feira, caminhando pela Recoleta, acabamos passando em frente ao restaurante Fervor. Gostamos do local de cara, e o Le ficou empolgado com a descoberta.

Foi com certeza, nosso jantar 5 estrelas! A melhor carne que comemos, a sobremesa mais fresquinha e o vinho que ornou com tudo que pedimos. De entrada, optamos pela provoleta, que estava sensacional e casou com nosso vinho branco de verão. Os pães eram fresquinhos – e depois descobri, feitos lá – e o chimichurri (que eu SOU APAIXONADA!) foram ótimas companhias até o prato principal.

Comemos muito bem e o atendimento foi maravilhoso!

Eles possuem 3 salões, sendo o último, a escolha certa pra um jantar romântico e uns drinks. É lindo!

nham! nham! nham!

Esses foram três dos nossos tesouros de Buenos Aires! Andamos MUITO e conhecemos até um lugar que parecia a Galeria do Rock, de Sampa.

Em breve – se tudo der certo – vou soltar um vlog dessa viagem!

Enfim, a cidade é bacana demais, a viagem foi linda, e me apaixonei pela Recoleta, pelo Palermo e pelas casas e sobrados. Viver esses dias em Bue, foi DEMAIS!

Aline Cardoso